Os caquinhos que sobram

city-hands-lonely-photography-rain-Favim.com-301037

Dizer que não sinto mais sua falta, é mentir. Agora, ela é mais branda, ela é tímida, é um gritinho necessidado e chato de uns cantinhos de mim que eu nem sei onde estão. Na maioria das vezes, ela se cala rápido.

Mas é claro que eu sinto sua falta. Sinto saudade de você me apertaaando quando a gente ia dormir, da maciez desse seu cabelo de comercial da l’oreal sendo que você nem condicionador usava, das reações exageradas quando você comia uma coisa gostosa, de arrancar os pelos duplos da sua barba, do seu cheiro, do gosto da sua boca, do formato dos seus ombros, dos seus olhinhos inquietos, de você dançando pelado pela casa depois de sair do banho, de você ficar me pedindo beijinhos quando a gente estava muito, muito chapado, das suas piadas idiotas, até da voz insuportável daquele cara do youtube que você adorava assistir e eu nem lembro o nome.

Às vezes, à noite, eu choro baixinho e torço para dormir logo e não pensar mais nessas coisas. Porque se você me amasse, você estaria aqui. Se você sentisse minha falta, teria dito. Se me ainda me quisesse, não teria desaparecido.

A escolha foi sua. Você pode dizer o que dizer; ações dizem mais do que palavras.

Mas a boa notícia é que de manhã eu já não penso mais nisso, tenho seguido meus dias com otimismo, estou animada com a vida, ansiosa pelo que está por vir. Ando até me lembrando do quanto eu adoro ser livre.

Só, que eu sinto sua falta. E tem dias que nem muitos copos de cerveja, nem uma enxurrada de trabalho, nem outros toques (porque não é amor, ainda não é, mas eu acredito de verdade que pode acontecer pra mim de novo), nem nada podem preencher esse buraquinho doído lá no fundo da alma.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s