Aquelas três palavras…

tumblr-love-36

Eu nunca gostei de ir ao motel. Sempre achei artificial e constrangedor. Sempre preferi evitar.

Mas daquela vez, foi diferente. Porque eu estava com você. Foi nossa aventura. Passar por todas as partes contrangedoras foi até engraçado.

Num ambiente tão árido, a gente estava transbordando, só porque estar na companhia um do outro era uma celebração.

Quando trancamos a porta, o mundo lá fora deixou de existir.

O sexo foi desesperado, atropelado.

Queríamos enfiar tudo naquelas três horas.

A cada momento a ampulheta estava contra nós.

O tempo estava acabando.

A gente estava acabando.

E depois eu teria dormido dentro das suas costelas se pudesse.

E o sentimento me invadiu como uma onda.

Minha voz foi mais rápida que meu raciocínio.

Meu sussurro saiu sem eu perceber.

Quando me dei conta, já tinha falado.

Eu não queria nada em troca. Eu só queria que você soubesse.

Mas você sussurrou de volta.

E entrelaçou os dedos nos meus.

E naquela hora consumamos o óbvio.

Nossos corpos e almas se amaram.

E nossos corações se juntaram na mesma dor. E deleite.

Que é se jogar no abismo, pra voar.

Mesmo sabendo que o concreto aguarda.

Alguns metros abaixo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s