(Mais) 6 Alternativas ao Pornô Tradicional que Vão Realizar Todas as Suas Fantasias

Seis alternativas deliciosas à pornografia mainstream para aliviar o tesão sem alimentar a indústria pornográfica tradicional.

106d4829806871.560465c1b9a92.jpg
Fonte: Jota

Pois é, meu povo. O mudo está em quarentena, e a gente sabe que quando o pessoal fica à toa, assistir pornografia é o que a Internet mais faz.

Porém, eu tenho muitas reservas com a pornografia tradicional. São muitos os problemas criados por essa indústria, e por causa disso, eu resolvi nos idos de 2016, fazer um post com seis alternativas ao pornô tradicional. Post este que continua entre os mais acessados do blog até hoje!

De lá pra cá, muita coisa mudou, e o post acabou ficando desatualizado. Algumas dicas que eu deu já não valem mais (RIP Tumblr ;_;) e já surgiu muita coisa picante e saliente para esquentar essa nossa quarentena sem ter que sustentar uma indústria que faz milhões explorando mulheres!

Então, sem mais delongas, vamos às minhas dicas de seis alternativas à pornografia tradicional:

Literatura Erótica

sexy-4903640_1920.jpg

É, eu sei que eu sou suspeita pra falar, afinal, contos eróticos são parte da minha profissão. Mas eu vou continuar defendendo, afinal eu sinto que quando a gente lê pornografia, a gente acaba descobrindo um monte de coisa sobre a gente mesmo. Eu passei a adolescência lendo fanfics eróticas, o que me ensinou muito sobre sexo muito antes de eu estar fazendo sexo.

Além disso, tem uma coisa passiva na maneira como a gente consome pornografia mainstream. A informação é passada diretamente, não tem tensão nenhuma. Com erótica, é diferente. A sua imaginação precisa participar, construir um cenário, preencher os detalhes… Então é uma maneira bem mais saudável de lidar com as próprias fantasias, na minha opinião.

Eu recomendo os meus continhos, claro! Mas também tem dá pra encontrar muuuuuita coisa no Amazon, de graça ou baratinho!

Ah, e pra quem le em ingles, duas dicas boas: O site Literotica tem conteúdo até não acabar mais para todos os fetiches. São mais de 50.000 histórias gratuitas! E eu estou trabalhando como editora chefe de uma editora erótica aqui em Berlim! O nome é BERLINABLE, e o foco das histórias é a diversidade e sex-positivity. Dá pra baixar os livros por aqui!

Games Eróticos

cell-phone-690192_1920.jpg

Andamos bem grudadinhos no celular, ainda mais durante a quarentena. E no mundo dos apps, claro que a putaria nunca poderia ficar de fora. As lojas de apps estão apinhadas com jogos eróticos dos mais variados, desde simulações tipo Second Life, passando por cenários fantásticos que lembram Hentai, até jogos com mais romance. São muitas as opções, mas para baixar a maioria é preciso ser maior de 18 anos. Ficou curioso? Dá uma olhada nessas recomendações aqui.

Audios Eróticosheadphone-1868612_1920.jpg

Podcast é a mídia do momento, e é claro que a putaria ia acabar migrando para lá. O mercado de áudio pornográfico oferece muitas opções, e a boa noticia é que vários sites são especializados em erotismo para mulheres. O mais famoso deles, o americano Dipsea, conta com áudios de mais ou menos 10 minutos, super bem produzidos, que propõe uma experiencia imersiva para o usuário: Efeitos sonoros, gemidos, suspiros… Tudo para fazer a coisa ficar mais real. O serviço é pago num esquema de assinatura, mas você pode fazer uma experiência gratuita de uma semana.

Outra boa alternativa ao pornô tradicional são os audiobooks; nada mais do que literatura erótica me formato de áudio. Dá pra achar muitas opções no Audible, filiado ao Amazon.

Patreon & OnlyFans

camera-1219748_1920.jpg

 

E vamos de #packdopezinho. O Patreon e OnlyFans são uma ferramentas para criadores de conteúdo receberem apoio financeiros dos fãs. Como são plataformas mais permissivas, natural que quem estivesse trabalhando com conteúdo adulto migrasse pra lá. O esquema é mais democrático do que a pornografia tradicional – porque voce está consumido direto da fonte, sem o intermédio de um aparato industrial escroto.

Além da vantagem de conteúdo erótico sendo produzido por gente real, nessas plataformas há a possibilidade de interagir com quem cria. Sao muito os perfis, para todo o tipo de gosto, mas vou deixar aqui alguns dos que acompanho; Aja Jane, Stefania Ferraro, e o conteúdo da Almond, uma artista baseada em Berlim que faz pornografia feminista. Ela não está nestas plataformas mas dá pra achar o trampo dela aqui.

Ilustrações Eróticas

Para muita gente o que dá tesão é a coisa mais real possível, mas arte erótica também pode ser incrivelmente excitante. O Instagram está apinhado com criadores muito talentosos que publicam ilustrações picantes que são capazes de mexer com a imaginação. Nada de novo sob o sol né, afinal, a gente já via nas esculturas gregas que elas eram feitas para seduzir.

A diferença agora é a acessibilidade a um grande universo de conteúdo que atende muitos nichos – ou seja, por mais específico que seja o seu fetiche, voce vai achar o que está procurando. Alguns dos meus perfis preferidos são as ilustrações da Alicia Rihko, que eu coloquei aí em cima, do Alpha Channeling, e a conta de curadoria do Jmamuse.

Dá pra achar bastante coisa navegando no Instagram, e de quebra alguns desses artistas disponibilizam prints e até cadernos de colorir pra venda. Você resolve o seu tesão e ainda ajuda os artistas! Não poderia ser melhor.

E aí? Gostou? Inspiração não vai faltar nessa quarentena, né? E caso voce tenha mais alguma dica pra complementar a lista, deixa aqui embaixo nos comentários!

(Mais) Oito Instagrams safadinhos para seguir

Como eu contei no meu primeiro post sobre perfis de sexo no Instagram, a rede social possibilita a gente achar de tudo. Desde contas com comidas delicias até aquelas com um meme melhor do que o outro, mas engana-se quem pensa que as fotos compartilhadas por lá são só work safe.

Vários perfis dedicam-se a compartilhar conteúdo erótico, diferenciado e original. Corre aqui pra ver como deixar o seu feed muito mais interessante – só cuidado na hora de abrir o aplicativo no trabalho!

LUMBRE

Cansou de tudo que é mainstream? Se joga no Lumbre. Lá o foco é erótica feminsta e queer, e as fotos, além de lindas, procuram promover a diversidade e uma relação saudável com o corpo e a sexualidade. Nada melhor para estimular a imaginação.

Petite Bohème

Quer saber mais sobre gravuras eróticas, mas não sabe por onde começar? O Petite Bohème é o ponto de partida perfeito. A conta francesa tem uma estética incrível e é focada principalmente em desvendar os fetiches e fantasias femininos. Algo que todo mundo sabe, eu vou muito a favor.

aotearotica

Ainda na pegada das gravuras, corre pra seguir a aotearotica. O perfil faz uma curadoria de variados estilos de ilustração, apresentando conteúdo diversificado num feed para todos os gostos.

Pornceptual

Bom, eu sou suspeita pra falar, porque frequento a Pornceptual aqui em Berlim assiduamente, maaaas, as fotos compartilhadas pela conta da festa mais decolada que você já viu, além de lindas, propõe uma reflexão sobre o fetiche, trazendo conteúdo queer e usando erotismo como guerrilha social. Imperdível.

Jmamuse

Ninguém vai ficar entediado depois de começar a seguir a Jmamuse. Mais do que uma conta no Insta, trata-se de um coletivo de artistas que criam conteúdo erótico de variados estilos. Diversidade é a ordem do dia, não existe restrição a fantasia alguma. Fotos, ilustrações, de artistas do mundo todo. Acredite, você não vai se arrepender de dar uma olhadinha.

Regards Coupables

Anda numa vibe mais romântica? Então o Regards Coupables foi feito pra você. Um pouquinho mais softcore sem deixar de ser muito sexy, a conta traz conteúdo erótico com uma pitadinha de romance para os apaixonados de plantão.

BBnycart

Mulheres reais fotografadas por uma mulher real, e muitas, muitas tatuagens. Tá esperando o quê pra seguir? As fotos são lindas e o photoshop passa longe.

Byron Power

Misturar erotismo com humor é uma das minhas maneiras preferidas de falar de sexo, vocês sabem. O artista Byron Power faz exatamente isso, com quadrinhos irreverentes, brincando com estereótipos gays sem medo de ser feliz.

O segredo é ir navegando; o Instagram tem conteúdo pra todo mundo, e você com certeza vai achar o seu cantinho de arte erótica preferido. Só não esquece de contar pra gente; conteúdo erótico bom é conteúdo erótico compartilhado.